Foz do Iguaçu

Eleito uma das sete novas Maravilhas da Natureza, Foz do Iguaçu é a dica de viagem da Cristiane Sobral, Participante do Plano TelemarPrev.

 

Foz do Iguaçu

A natureza exuberante da reserva que abriga as Cataratas do Iguaçu, atrai cada vez mais turistas todos os anos a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e tem levado à criação de um grande complexo turístico na tríplice fronteira entre o Brasil, Paraguai e Argentina.

Cataratas 2.jpg

O Parque das Cataratas do Iguaçu oferece opções não só para um único dia – de manhã até a noite – mas para dois ou três dias. A contemplação do maior conjunto de quedas d’água do mundo e das várias espécies da fauna e da flora da floresta subtropical pode ser feita da terra, da água e do ar.

 

Com altas temperaturas no verão, a região é bastante procurada nas férias de inverno por aqueles que preferem as temperaturas mais amenas, porém longe de serem extremas. Acomodações também não faltam, já que a cidade é um dos maiores parques hoteleiros do país.

20170908_105828.jpg

PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU
Aproveite para conhecer o Parque Nacional do Iguaçu logo cedo. São várias as opções além do passeio de ônibus desde o Centro de Recepção de Visitantes até a primeira parada, no Macuco Safari – de onde saem os veículos que percorrem um trecho da mata até o porto para o embarque nos barcos que levam até bem próximo dos saltos d’água -, ao mirante do hotel ou ao do elevador. O passeio pelo rio dura cerca de três horas, tempo suficiente para o almoço no restaurante com vista para o Rio Iguaçu. A alternativa mais radical é o rafting pelas corredeiras do cânion.

 

Há ainda a alternativa de se conhecer o atrativo do alto, fazendo o passeio de helicóptero. De cima é possível ver o parque, o caminho final do Rio Iguaçu e a fenda na rocha que originou as cataratas. É possível ainda seguir até o Marco das Três Fronteiras e à Usina de Itaipu no mesmo sobrevoo.

 

Quem prefere um contato maior com a natureza, a dica é percorrer os 9 km da trilha do Poço Preto, a pé, de bicicleta ou em um veículo elétrico. O passeio é indicado para toda a família. Segundo os guias, o caminho é o mesmo feito pelos índios que viviam na região para contornar as cataratas. Pelo Rio Iguaçu, se chega à Ilha das Taquaras, onde há pontos para mergulho. Outra trilha pela mata é a das Bananeiras.

 

PARQUE DAS AVES
Ao lado do Parque Nacional do Iguaçu, o Parque das Aves reúne mais de 800 animais de 200 espécies típicas da região e algumas exóticas como o flamingo e o casuar, conhecido como a ave mais perigosa do mundo. Cobras, jacarés e borboletas também fazem parte do acervo.

Parque-das-aves-Foz.jpg

Ainda na Rodovia das Cataratas, uma parada permite conhecer os primeiros habitantes da região: algumas espécies de dinossauros mecanizados fazem parte do Complexo Dreamland. No local, réplicas de alguns dos principais pontos turísticos do planeta possibilitam dar a volta ao mundo em alguns minutos.

 

A cerca de 10 km fica o Marco das Três Fronteiras. Do ponto é possível observar a confluência dos rios Iguaçu e Paraná e os marcos do Paraguai e da Argentina, ambos também abertos para visitação.

 

HIDRELÉTRICA DE ITAIPU
Ícone da arquitetura e da tecnologia na produção de energia elétrica, a Hidrelétrica de Itaipu impressiona pelos números e pela grandiosidade. Para que os visitantes possam conhecer as atuações da usina em outras áreas como a de preservação ambiental e sustentabilidade, o complexo turístico conta ainda com o Ecomuseu, o Refúgio Biológico, o Canal da Piracema – construído para auxiliar os peixes no período da reprodução e também é usado em competições de canoagem - e o Projeto do Veículo Elétrico, que permite ao visitante visitar os principais pontos da hidrelétrica a bordo de um dos carros desenvolvidos no local.

 

Para os mais românticos, um passeio de barco pelo Lago de Itaipu com jantar ao por do sol revela outras cores da região. Toda a área da usina também pode ser vista do céu em um salto duplo de paraquedas.

 

DICAS DA CRISTIANE:

Porque escolheu este destino?
Queríamos apresentar para a Valentina um lugar que ela pudesse interagir com a natureza.

 

Qual o passeio imperdível?
Sem dúvida a visita as Cataratas e ver de perto a força da natureza. Além disso recomendamos a visita ao Parque das Aves, onde você poderá entrar dentro das áreas  e ficar próximo as aves, Também tem o passeio ao Marco das Fronteiras, onde é possível ver o encontro das 3 fronteiras (Brasil, Paraguai e Argentina) e assistir um show de dança folclórica dos 3 países e para fechar  a visita a Usina de Itaipu que  é um espetáculo da modernidade.
 


E o melhor lugar para comer e se hospedar?

Nos hospedamos em um hotel simples chamado Vialle Tower, mas que atendia muito bem. Os principais hotéis são o Mabu Hotel e o Borboun .
Todos os nossos passeios foram feitos pela empresa local All Brasil.

 

Rafain Churrascaria – que tem um show folclórico
Mas o que mais gostamos foi mesmo a Oficina do Sorvete com sorvetes artesanais e O Capitão Bar que tinha um  picanha na pedra deliciosa.

20170908_113311.jpg

Dicas de Lazer de Cristiane Sobral - Participante do Plano TelemarPrev